Elogios não me elevam, ofensas não me rebaixam, sou o que sou e não o que acham. Não sou de cá...mas vim para ficar. Esta é a minha terra do coração. Divirtam-se e apareçam por aqui....ROXA.

08
Mar 10

 

No Dia 8 de Março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve.

 

Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

 

 

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num acto totalmente desumano.

 

 

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca   ficou decidido que o 8 de Março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857.

 

Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU  (Organização das Nações Unidas).

 

 

Objectivo da Data 

 

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objectivo é discutir o papel da mulher na sociedade actual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional.

 

 

Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

publicado por roxa1 às 14:58

02
Mar 10

publicado por roxa1 às 18:05

27
Fev 10

As turmas dos cursos de Hotelaria da escola secundária de Figueira de Castelo Rodrigo foram visitar a bonita "Veneza" de Portugal, Aveiro, conhecida pelos ovos moles, pelos moliceiros e claro pela sua ria que atravessa a cidade.

Começámos por visitar a fábrica da Vista Alegre em Ílhavo onde descobrimos os segredos de fabrico de uma das mais prestigiadas indústrias cerâmicas nacionais. Ficámos a saber palavras complicadas como "caulino, quartzo e feldspato ", E ficámos também a saber que uma simples poncheira pode rondar os 6 mil euros!!

Visitámos a Capela privada mandada edificar em finais do séc. XVII pelo Bispo de Miranda

 D. Manuel de Moura Manoel,e classificada Monumento Nacional no ano de 1910, e o Museu Inaugurado no ano de 1964 .

Aqui fica a reportagem fotográfica; as fotos da vista alegre foram todas retiradas da internet, uma vez que é expressamente proibído tirar fotografias no local.

 

 

Fábrica de ovos moles, Aveiro

Sangalhos, Caves Aliança

Hora de regressar

publicado por roxa1 às 19:14

23
Fev 10
publicado por roxa1 às 21:18

21
Fev 10
publicado por roxa1 às 19:29

publicado por roxa1 às 19:24

publicado por roxa1 às 19:10

publicado por roxa1 às 19:00

publicado por roxa1 às 18:57

16
Fev 10
publicado por roxa1 às 11:23

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO